Pesquisar neste blog

No mundo

março 11, 2011

Homenagem do meu amigo Carlos (Louco Louco, do Recanto das Letras)


Para Elayne


Não tente retê-la,
do nada ela some,
vai até uma estrela
e rouba uma luz,
volta com alegria
e transforma a luz
agora roubada
em luz encantada
em linda poesia
que encanta e seduz,

Não tente rete-la,
pois ela tem pressa,
pois ela tem fome
de tudo no mundo,
é hiperativa,
é inquieta e livre,
é alguém que vive
uma vida em
um segundo,

Depois ela volta,
feliz e cansada
e traz seu sorriso
de volta pra terra,
e o sol se desperta,
fim de madrugada,
com a luz dos
seus olhos
que a noite encerra.



** Obrigada! Ficou muito interessante! Parabéns!

2 comentários:

  1. E ele conseguiu mesmo te descrever, amiga! Parabéns a ambos...Beijos...com carinho.

    ResponderExcluir