Pesquisar neste blog

No mundo

outubro 16, 2015

Tempos de ontem

"Essa ausência de mim
Quando ele me pega em seus braços..brinca de ser meu amigo..
Entre o quê de adolescente e meu juízo q se faz ausente...
Beijos selvagens, que excitam e navegam em mim..
Sem pudor..com ousadia e furor.
Enquanto musicas em desktop- desejos completos ao som do rock.
Esquece-se do tempo,  que no  tempo se perde até novo "dial", frequência de nós dois, estação própria da gente, esporádica e inebriante..q sente falta..fica latente...
Ardilmente voraz..é assim que penso nele..quando chega e o sorriso acontece, meu corpo estremece..."auto se despe"...
 à entrega do gozo intenso..
orgasmo incessante
Desejo constante...
Adoro sua liberdade...e a doçura dos "olhos vermelhos"
Meigo..sexy, meu must do pecado...juvenil , homem, menino..delicado...
De tempos de ontem que se fizeram outros..
Estranhos e conhecidos
Simultâneos e misteriosos...
Pois é assim q ele é pra mim..."



outubro 09, 2015

Não desiste de mim

Ele não desiste de mim...
Mesmo depois de tentativas de desapego, na esperança que esta pessoa te odeie, como naquele trecho da música; "Magoarei mesmo assim, pra saber se é amor"..
Ele não desiste de mim...E fica quieto por não ter nada a dizer...
Ele é bonito, louco, engraçado e inteligente. Tão doce às vzs..Tão seco por assim dizer.. 
Ele é o inverso do universo que eu projetei pra mim... E não desiste..
Porque às vezes alguém insiste em permanecer em sua vida... E Ele não desiste..
(E sei que não sou o último biscoito do pacote)
 Aguenta meu choro, meus problemas e meu cotidiano insano 
Ele não desiste...
Porque diz que gosta de mim, mesmo odiando minhas maluquices..."Detentora dos assuntos sentimentais.. Que sempre "vem com uma tese própria sobre o amor"...
Ele não desiste... 
Ri de mim, enche o saco com conselhos, não é de pagar paixão, mas quando precisa apela. Porque é um grosso.
Ele não desiste: dos meus cabelos, do meu corpo e do meu prazer.. Não sei se o amo, mas já expulsei tudo de bom que existia em mim, porque tornar o amor real é expulsá-lo de você , para que ele possa ser de alguém..
 Ele não desiste... Porque ele é o vício e o verso.. Meu vício profundo... Que me perdoa , me entende, me aceita e me quer..

Mesmo que por momentos em um mundo paralelo
 Entre os lapsos de desejos e lembranças que eu aconteço

 Ele ainda não desiste...