Pesquisar neste blog

No mundo

março 27, 2013

Sobre confiar...E coisas que eu li esses dias...










Confiança é você contar muitas coisas à alguém, mas sempre com a sua liberdade de ter seus segredos mais profundos e não ser visto. Tipo um jogo: eu digo que confio e vc finge que acredita, pq qdo vc me descobrir, eu vou poder dizer: Mas eu confiava em vc!!! #Elayne

No fundo só confiamos em nós mesmos e deixamos uma frestinha aberta à certas pessoas que elegemos, para podermos viver uma fantasia e conforto de que esta confiança existe, mas que só é compartilhada com o que lhe apraz. Só uma criança confia plenamente, assim mesmo em seus pais. #Elayne


..."A única constância do universo é a mudança.."(Miguelito)

..."A medida certa do amor é amar sem medidas.." (Fernanda ou autor desconhecido)

..."Enganar a si mesmo ajuda a relação a dar certo..." #PorAí

..."É possível que após dez minutos de DR (discutir relação) o foco seja perdido e você passa então a liberar traumas e rancores passados que não tem nada a ver com a relação em si..." #PorAí



março 19, 2013

A maçã com o filme queimado


Após ler mais uma notícia sobre "maçãs", lembrei-me de algumas coisas...E conversando com um amigo no facebook fomos discorrendo sobre um tanto de histórias, verdades,  lendas e mitos que envolvem o tal fruto proibido. Não importa se ela é verde ou vermelha, se limpa os dentes ou serve de sobremesa raspadinha para as crianças, o fato é que ela evoluiu. Hoje ela é símbolo de uma das maiores tecnologias do mundo moderno em eletrônicos, porém esta semana a pobre foi bombardeada, ultrajada e usurpada de seu maior talento: o sabor que seduz...rs 


E tudo começou assim...:




Mas ela conseguiu!

Imagem de Gilberto Cabral


Sendo assim, o mundo se corrompeu e eis que surge um homem chamado Guilherme Tell...

Guilherme de Burglen era conhecido como um especialista no manejo da besta. Na época, os imperadores lutavam pelos domínios de Uri e, para testar a lealdade do povo aos imperadores, H. Gessler, um governador austríaco tirano, pendurou num poste um chapéu com as cores da Áustria, numa praça de Altdorf. Todos que por lá passassem teriam de fazer uma vénia como prova do seu respeito. O chapéu era guardado por soldados que se certificariam que as ordens do governador fossem cumpridas.
Um dia, Guilherme e seu filho passaram pela praça e não saudaram o chapéu. Prenderam-no imeditamente e levaram-no à presença do governador que, reconhecendo-o, o fez, como castigo, disparar a besta a uma maça na cabeça do filho.
 GuilhermeTell Jr.
O filho de Guilherme foi atado a uma árvore, e a maçã foi colocada na sua cabeça. Contaram-se 50 passos. Tell carregou a besta, fez pontaria calmamente e disparou. A seta atravessou a maçã sem tocar no rapaz, o que levaria a população a aplaudir os dotes do corajoso arqueiro.

(Fonte: Wickipédia)



Mas a história mais popular é a da maçã de Newton. Se por um lado essa história seja mito, o fato é que dela surgiu uma grande oportunidade para se investigar mais sobre a Gravitação Universal. Essa história envolve muito humor e reflexão. 

 Muitas charges sugerem que a maçã bateu realmente na cabeça de Newton, quando este se encontrava num jardim, sentado por baixo de uma macieira e que seu impacto fez com que, de algum modo, ele ficasse ciente da força da gravidade.


O tempo passou... E já no século XX/XXI, eis que surge:


Que dispensa apresentações...

E sua maça, a mais gostosa dos últimos tempos...




Mas a maçã é "bicho traiçoeiro" e eis que lá vem ela nos atacar de novo, como na história da Branca de Neve e nos fazer envenenar, usando um nome que eu sempre desconfiei (Hades, em grego significa inferno) e queimando a goela e a boca das pessoas, fazendo-se passar por suco de maçã, mas no fundo era um detergente..E tudo bem que a maçã é tida como um alimento "detergente", assim como a cenoura, a cebola e a pera, mas não precisava levar isso tão a sério!






Só esperamos que os milhares de anõezinhos e marmanjinhos que adoravam esse suco não se queimem mais assim como a Ades ficou depois desse episódio lamentável. :((



*Colaborador: Marcelo Andrade

"Grana Filho" (?)


Essa imagem me chocou.
Essa imagem me fez voltar há uns 20 anos atrás, onde meu sonho era poder estudar na então chamada "Grana Filho".
Entre tantos discursos de administradores, alunos, em meio às suas justificativas plausíveis e revoltas individuais respectivamente, eu me pronuncio em silêncio, com longanimidade, esperança, medo. Um misto de tudo, porque depois de tantos anos de espera, hoje eu posso realizar meu sonho, porém  em meio a espinhos, declarações, conjecturas e fatos vergonhosos, falsas expectativas.
Sinceramente não sei se a revolta é a melhor opção. Tenho lido tantos "posts" de jovens protestando, indignados e ávidos por justiça. Nesta hora existem mais pessoas para dar maus conselhos e tentar influenciar erroneamente do que tentar ver as coisas pela ótica da realidade econômica pela qual a instituição passa.
Não quero falar aqui de quem está certo, quem está errado, se estão roubando, mal administrando, não honrando, pois os fatos falam por si só. Quero falar de uma Universidade que para mim é mais do que uma universidade, é uma referência: de adolescência, de ensino, de qualidade, de ótimos professores, de luta conquistada, de sonho realizado que eu não quero acreditar que está acabando.

EU AINDA ACREDITO NA GAMA FILHO! Tenho certeza que tudo vai dar certo.
Eu só queria que os jovens , alguns impulsivos, outros desesperados, não tomassem atitudes precipitadas. Como coloquei em um único post , até mesmo para desabafar. Eu estou do lado dos professores. Eles sabem o que é o melhor para nós. Eles estão em seus direitos e apesar da greve e dos muitos dias sem aulas, eles têm consciência do quanto precisamos e do quanto eles mesmos querem , mais do que nunca, garantir nossas disciplinas e conteúdo. Mas também precisam honrar seus compromissos, têm suas famílias e precisam receber!
Eu confio neles. Confio ainda na instituição e sei que teremos dias difíceis, árduos, muito estudo, mas também muitas alegrias, sucesso, reconhecimento, experiências, valor e PAZ! No sentido de podermos estudar tranquilos, sem medo, sem coação, sem brigas...



"Devemos estar cientes que a proporção de dias sem aula será debitada em nosso recesso, ou seja, menos tempo de férias. Estou ouvindo dizer que querem parar de pagar as mensalidades , colocar no PROCON, essas coisas. A meu ver essas atitudes impensadas pioram mais ainda o quadro, porque se eles não tem dinheiro para pagar os professores, sem as mensalidades pagas e precisando "posteriormente indenizar alunos", a situação aí sim se agravará. O momento é esperar. Greve é um direito constitucional e os professores também têm interesse nos alunos e principalmente, em dar aulas e trabalhar, mas também têm família e precisam ser remunerados. As inconsequências da má administração da UGF estão sendo geradas a curto e médio prazos, mas ainda acredito na força da instituição, da tradição e principalmente, do ensino. Evasão escolar também é precoce, pois pensem que em existem vários fatores contra: mensalidades pagas por matérias e não por créditos, maior tempo de duração do curso , visto que ainda somos do currículo 261, retrocesso de algumas matérias que eles não consideram e teríamos que fazer novamente..Enfim, tempo pra mim é dinheiro e uma corrida contra a idade...Pelo menos para mim..Quanto a vocês, são livres para fazerem suas escolhas, mas a minha postura é essa..." 

Meu post em  08/03/13




Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança...
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA...



Mário Quintana