Pesquisar neste blog

No mundo

janeiro 29, 2014

Anjo Azul

A vontade de expressar superando a incompetência da mísera inspiração que me vem ao apenas ouvir uma música que me remete a ti, fala das verdades mais íntimas e duras que ardem em meu peito ao ressoar as batidas do meu coração, imaginando o que levou  tão bela voz louvar com tanta dor  e ao mesmo tempo tamanha esperança.. Esse amor perdido, entre o acorde romântico e pesado da  guitarra que parece chorar...E o sentimento real que o levou a compor o que eu também sinto...
Músicas..melodias..Nos remetem, fazem-nos reviver pesares e amores, saudades, sabores, vidas, percursos, destinos, perspectivas, saudades, beijos, momentos , sentimentos, peso, alegria, justiça, paz, força, fossa, medo, bossa...
E é tão estranho você sentir que os anos se passam e você olha para trás e vê o quão possível é amar tantas vezes...de formas e jeitos diferentes...E que cada música, mesmo sem querer, te faz lembrar..e até esquecer..de pessoas que entraram em sua vida, em sua dicotômica conjuntura chamada corpo-alma...E você vai chegando a conclusões satisfatoriamente razoáveis ao dar bons motivos pelos quais por quê sua coleção de paixões fracassou, mas talvez não fraquejou...Talvez isso dependa de quem a detém..se é conformada ou quem sabe invencível em decifrar o desejo da relação perfeita, o encaixe justo e enlace supremo de almas que se buscam, se procuram e talvez alguns pares se encontrem e outros não...Em um universo paralelo, quem sabe dentro dos nossos submundos da psiqué...
Ao lembrar de meu anjo azul, ainda não chega a paz, o desespero findou...a dor acalmou...o pensamento constante pereceu...mas a dor ...dor...dor...esta não terminou...
Converteu-se em novo amor,  tão delicado, suscetível, ingênuo até...De boa intenção e entregue. Mas amanhã é um novo dia e é esse amor que eu preciso e quero para mim...


Ao Anjo Azul


janeiro 13, 2014

Universidade Gama Filho- Tristeza

DESABAFO
Agora eu digo ao contrário...Não foram só SONHOS que se perderam...Foram também horas de estudo, dinheiro empregado, para muitos, conquistado com muito suor, de alunos que trabalhavam de dia e estudavam à noite... Semanas de provas, seminários, trabalhos, tardes na biblioteca, acordando cedo ou indo dormir de madrugada para tirar notas boas...Amizades que cultivamos e colegas que vimos desaparecer aos poucos... Períodos sendo conquistados, assim como conhecimento e etapas...As salas e turmas ficando vazias e a crise se expandindo...
Que possamos ter foco e seguir, pois é melhor dar passos à frente e cursar dois anos a mais do que desistir e ter três perdidos...É assim que preciso pensar...É assim que quero vivenciar. E independente de cursos e períodos minha dor não é menor do a que a dos outros alunos...Eu amava a UGF e desde criança quis estudar ali...
E assim fica a dica para todos, ...Infelizmente a Gama acabou, mas os sonhos não! A maioria é jovem e pode recomeçar...Claro que existem situações muito mais tensas, como formandos de todos os cursos e alunos da Medicina, mas espero que todos consigam prosseguir em suas metas... Quero muito agradecer aos meus professores  Bárbara Lorca, Anicet OkingaElaine Machado Martinez, à nossa diva master coordenadora Ethel Valdez que fez TUDO por nós, Paulo Maurício...E a  todos os demais. Muito obrigada por me ensinarem, por terem estado até então e agora conosco. Muito triste ver nossa faculdade desabando, mas não os meus sonhos , ou melhor, os sonhos de cada um de nós. Espero, portanto, ainda reencontrá-los e poder agradecer pessoalmente. Quero agradecer à Universidade Celso Lisboa, que tem acolhido os alunos de Farmácia com muita honra e respeito e eu fui uma delas. Ao coordenador Wesley que isentou todas as disciplinas cursadas e tem feito de tudo para poder ajudar da melhor forma aos formandos e acadêmicos de Farmácia. Meus sinceros agradecimentos. Também quero através da minha página dizer aos meus colegas Marcio PiresSergio RibeiroBruna Almeida ,Amanda Nunes ,Natalia SilvaMarcelle LyrioRogerio Oliveira GomesPhilippe Cunha e tantos outros que me desculpem se esqueci, não desanimarem! Força, foco e fé! Tremendo desrespeito aos formandos, que até festa de formatura já tinham, assim como TCCs prontas, fotos, etc...E aos que ficam (se ainda tiver, talvez por motivos de força maior como Prouni e Fies) o meu BOA SORTE e BOA FÉ! (Elayne Aguiar)


2 Timóteo 4:7 Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé.


Joaquim Cardozo





Assistindo à minissérie Amores Roubados  eu simplesmente me apaixonei pelos poemas de Joaquim Cardoso, o qual não conhecia. Imediatamente busquei na internet referências e biografia, tudo ou qualquer coisa que dissesse respeito a ele. Eis:



Eu não quero o teu corpo
Eu não quero a tua alma,
Eu deixarei intato o teu ser a tua pessoa inviolável
Eu quero apenas uma parte neste prazer
A parte que não te pertence
Joaquim Cardozo



Teu rosto esqueci,
Teus olhos? Não sei...
Da face marcada
O espelho quebrei
De muito sonhar;
Nos laços retidos
Das águas profundas
Tesouros perdidos
Quem há de encontrar?
Espumas do mar.
Joaquim Cardozo



http://www.e-biografias.net/joaquim_cardoso/


Sua presença para mim se exibe
No seu ar sereno que inda hoje absorvo,
E nas noites, com negridão de corvo.
Antes que ao porto do seu céu arribe

A lua. Assim só tenho essa planície...
Pois tudo quanto fiz foi superfície
De inúteis coisas vãs, humanamente.

De glórias e de alturas e universos
Não tenho o que dizer nestes meus versos:
– Nessa várzea nasci, nasci somente.
Joaquim Cardozo
  
Menina


Os teus olhos de água,
Olhos frios e longos,
Esta noite penetraram.
Esta noite me envolveram.

Bem querida madrugada...

Olhos de sombra, olhos de tarde
Trazem miragens de meninas...
Bundas que parecem rosas.

Sob o caminho de muitas luas
O teu corpo floresceu.




http://www.jornaldepoesia.jor.br/jcardoso.html#menina
Sabe aquelas mesmas coisinhas que você faz e repete sempre? As mesmas frases, mesmos pensamentos, mesmo tudo...? Por isso às vezes me canso de escrever..É como se estivesse tentando provar  algo,batendo na mesma tecla sempre,  mas na verdade qual  o pesquisador que não defende sua tese até o fim, repetindo inúmeras e quantas vezes for necessário?? Qual apaixonado pela vida não se declara à ela e agradece a Deus pelo menos uma vez ao dia?? E principalmente: Qual pessoa que beirando os 40 já não tem raízes fincadas e opiniões formadas e inegociáveis...? E ainda que tentem te provar ao contrário ou você amadureça e saiba que existem outras e novas possibilidades e formas de pensar,  ainda assim você decide e quer permanecer na zona de segurança, porém jamais a de conforto, por que
"A suposta finalidade da Zona de Conforto é manter sua vida segura, mas o que realmente faz é manter sua vida limitada". (STUTZ & MITCHELS)

Ninguém é tão feliz que se sinta invencível e nem tão triste que não consiga superar..Dois pesos e duas medidas, nem oito nem oitenta..Falam tanto de mediocridade, de não sermos ou não admitirmos esta condição, mas a verdade é que muitas das vezes somos medíocres por aceitarmos certas coisas e nos enganarmos. Sabe do mais?? Cada um tem o que merece, devido às suas próprias escolhas e preços pagos. Eu sei o meu preço que pago , assim como cada um sabe dos seus e por que ou QUEM o pagamos... Mas só tenho certeza nesta vida: existem coisas e pessoas que são INEGOCIÁVEIS para mim: minha liberdade, meu leão que mato por dia e meus filhos.