Pesquisar neste blog

No mundo

maio 30, 2011

Twittei


Mas ele é assim: twitta, escreve, resp email, assiste ao jogo e faz mais o que ,tudo ao mesmo tempo.Queria um trem desses aqui em casa...( E não é I-phone)
***
Mas o que eu posso fazer se a minha vida segue um curso involuntário e infiel às minhas próprias convicções?(Elayne)
***
É melhor vc me poupar disso, afinal de contas não sou tão chegada em príncipes assim, prefiro os plebeus
***
Sou uma mera expectadora de mim mesma. A qualquer minuto pode acontecer um assassinato e um final infeliz. Sou um drama grego(Elayne )
***
Ele é o meu celeiro de pensamentos que os fazem flutuar e sairem da esfera pensante..(Elayne)
***
E pq será q os homens tem sempre q ser movidos a atrativos? Uma mulher sem graça não dá pé, né? Ah, mas eu luto tanto por isso! rsrs Ser sem graça!(Elayne)
***
A princesa quer se aventurar em territórios desconhecidos, mas como ela já sabe que lá só tem sapos, o melhor que ela tem a fazer é ir vestida de bruxa,quem sabe assim ela consegue enganar alguém...
***
Já parei de olhar para a chuva. Geralmente me questiono quando olho para a tela do computador: nesta tela eu vejo, leio e sinto muitas coisas.
***
"Estou numa busca constante por amor e quando sinto um cheiro de felicidade...Corro atrás, mas sempre me deparo com mistura de aromas , resquícios de uma felicidade já roubada ou falsas fragâncias ... Aí tenho que percorrer todo o caminho de volta...Isso cansa..."

Dueto-Estação do Coração


Mais uma estação a passar e a saudade teima *(Fran)
Em habitar nesse humano e sentimental
Coração.
Insensato coração! Por ti ansiou e suspirou
Mas desse coração, você se esquivou
E carente e consternado esse coração ficou.
Seu pranto foi tão comovido que a alma
Por ele teve comiseração.
Mas ele persiste em ti pensar
E desejar sentir seu toque, cheiro e desejo.
E pobre se ilude , que em seu coração ele ainda faça morada.


Coração, alvo de sentimentos *(Elayne)
Não só saudade, mas paixão, segredo e desordem
Quem não se compadece dele tem o seu de pedra
E mais certo como o sol que brilha
Um dia a saudade também o invadirá
E ele, louco e insensato como é
Pensará que está doente e morrerá...

Coração é um menino carente e perdido *(Fran)
Às vezes tentando se encontrar.
Uma criança aprendendo a caminhar
Afoito, age sem prudência e quando
Cai se machuca e suas lagrimas de sangue
Não há como cessar.
Mas é intrépido, não sabe viver sem amar
Sai de novo a se aventurar...


* Agradeço a belíssima interação de Francis Franca

maio 23, 2011

O Perdão

O perdão é singelo, puro e fraterno. Talvez seja o termômetro do amor, porque se amamos, perdoamos. Perdoar e continuar amando sem restrições é uma virtude para poucos.
Acho que existe uma grande diferença entre perdoar e desculpar. Quando "desculpamos " alguém, literalmente nós o isentamos de culpa, mas não quer dizer que tenha sido perdoado. Na verdade vejo as desculpas como quando você pisa no pé de alguém e espera já de antemão que o pisoteado te perdoe. Um paradoxo engraçado, pois na maioria das vezes que literalmente pisamos ou esbarramos em alguém pedimos...perdão! rsrsrs . Acho que é mais ou menos como o "sorry" dos americanos. Tudo é I'm sorry. O camarada está traindo e diz I'm sorry para a mulher. Pelo menos nos filmes é muito difícil você ouvir um "forgive me". Eu ouço muito em músicas cristãs, quando estão louvando ao Senhor...
O perdão lava sua alma, te traz uma paz, uma bonança e um alívio. É um sentimento que praticamente anda de mãos dadas com o amor, seja ele de irmão, amigo ou de homem e mulher.
Existem pessoas que possuem uma capacidade maior de perdoar, uma essência natural que atravessa todos os paradigmas da intolerância e do rancor.
O perdão é o inimigo número um do egoísmo, pois se não perdoamos mais do que devemos ou queremos a culpa é do nosso ego que grita por vingança: "Vai perdoar esse ser que te traiu? Que te humilhou? Que te enganou?" "Se eu fosse você eu dava o desprezo, deixa ele morrer à mingua!"...E pior: "Ele não merece o seu perdão!" Isso para mim é muito cretino, porque você não está se colocando nem na posição de Deus, porque ao que tudo indica, Deus perdoa e a graça, que é um favor imerecido, vem sobre nós. Ou seja, ainda que não mereçamos o Seu perdão, nós o temos. Se alguém não é digno do seu perdão, então você não é digno de si mesmo.
O perdão cura doenças e previne-as. Está comprovado. Uma pessoa que não libera o perdão vive angustiada e os fatores e sintomas físicos são desencadeadores.Já existe a síndrome do coração partido, já ouviram falar? Só pesquisar no Google.
A pessoa em questão "não perdoada" exerce uma influência de certa forma opressora sobre você. E não que lhe queira mal! Mas quando você quer muito que alguém te perdoe você automaticamente libera uma energia e uma aura de tristeza profunda e até rancor sobre o outro em questão. Sem falar no campo espiritual e metafísico, mas não entrarei nessa questão.

"No final das contas o que quero dizer é que o meu perdão não é maior que a minha vontade em ser perdoada. São iguais. E o tempo pode ser nosso maior aliado. O recomeço de uma nova etapa, onde confiança, amor e respeito estarão sempre presentes."
(dedicado a F.M.)

imagem:Google


Comentei e ponto final!


"Acho que cheguei no ponto exato da percepção de que o amor e a vida são realidades e não ilusões, como em sonhos de adolescentes... Eles são vorazes se não soubermos lidar com eles...(Não os adolescentes, o amor e a vida!)rsrssr"
***
"É tão bom quando gostamos do lugar onde vivemos e não ficamos resmungando e murmurando sobre o solo. A nossa terra agradece nossa gratidão e reconhecimento. Existem lugares no mundo que as pessoas guerreiam por causa do seu chão e nós muitas das vezes não o valorizamos como deveríamos..."
***
"Um olhar diz muito ou praticamente tudo, mas confesso que ainda me iludo ou me engano não com falsos olhares, mas com olhares que sabem disfarçar..."
***
"Para ser feliz tem que lembrar da matemática da infância. No conjunto maior está a grande felicidade e dentro dele as pequenas que o constituem."

imagem: Google

O silêncio


Já tive medo e raiva do silêncio. Não gostava de não ser confrontada, tinha ojeriza ao tipo de pessoas que nos fazem tentar advinhar o que se passa em suas mentes, porque simplesmente não dialogam, assim também aquele tipo que não responde ao que você pergunta.
Sempre tive sérias dificuldades com isso porque eu sou uma pessoa muito questionadora, principalmente comigo mesma e com certeza desse mal eu não sofro. Não faço aquele tipo misteriosa ou "tente advinhar o que se passa na minha cachola!". Ao contrário, acho que sou transparente até demais, mas sei também que o silêncio é uma característica muito mais masculina, digamos assim.
É difícil compreender mas também necessário ser tolerante, pois as pessoas são como são e também não são obrigadas a serem como eu quero. Tenho aprendido isso e aquele ditado que diz "que o silêncio vale mais que mil palavras", antes por mim desprezado, confesso que agora tenho tentado absorver. E ao observar meus "objetos de estudo" em questão (homens), percebi ao longo do tempo muitas coisas, dentre as mais importantes:
-Eles são péssimos para responder emails ou mensagens. Portanto seja direta e de preferência termine a mensagem com algum questionamento para que ele possa interagir.
-Não adianta você expressar muito o que sente e cobrar palavras bonitas da parte deles. Eles só vão te encher de palavras doces se ainda não tiverem te conquistado. Depois da conquista eles não podem falar muito de sentimentos para "não criar expectativas".
-Quando ele emudecer derepente ou quem sabe até ficar distante por alguns momentos, pode ter certeza: vc falou algo muito errado, na hora errada.
- Homem não tem noção de tempo. Às vezes a gente sofre, acha que ele não vai mais ligar, que esqueceu da gente...Aí passa uma semana eles ligam como se nada tivesse acontecido. E não aconteceu mesmo, ele simplesmente achou que o tempo voou. "Nossa! já tem esse tempo todo que a gente não se vê?"
- Quando eles estiverem muito quietos no canto deles, favor não encher o saco. E nem pensar que é sobre mulher . Eles estão pensando em trabalho, contas, responsabilidades e outros afins. Mas não esqueça que esses outros "afins" pode ser sim o que você está pensando.
É claro que existem excessões e não quero aqui discorrer sobre elas, mas o importante é que o silêncio hoje para mim é algo natural. De todas as vezes que enfrentei o silêncio e "chutei" um motivo para tal, pode ter certeza que em quase todos eu acertei. Mas a resposta eu só encontrei fazendo silêncio também...

maio 22, 2011

"Entre aspas"


Entre aspas: "Sou aprendiz" e também educadora de minhas próprias teorias e opiniões formadas. Em constante mutação e transferência de pensares.
Entre aspas: "Sou inteligente" e muito burra em minha cretina unanimidade filosófica , egoísta e antagonista própria de ser humano intransigente que luta por seus ideais. Nós somos o que queremos ser!
Entre aspas "sou tolerante" e também protagonista de toda a falta de eloquencia que habita minha psiqué. Sou uma eterna inconformada.
"Sou questionadora" e "entre aspas", tenho um lado obscuro de dependência, aceitação e subordinação AOS que me são desconhecidos e inquestionáveis... (Se eu pudesse unir essas duas facetas seria incrível!)
"Sou feliz". Entre aspas...E infeliz em não reconhecer o verdadeiro amor que teima fugir e se esconder de mim...
"Sou mulher". E ponto! Sem aspas! Sou muito mulher! Feminina, apaixonada, carinhosa, doce, vaidosa, mãe, profissional, responsável e zelosa.
"Sou forte", entre aspas. Quando me faço de forte, quando deixo emergir meu lado macho. Mas frágil em braços que não receiam em me amar e me aceitar como sou...
E entre aspas "sou única". Única e igual a tantas outras. Única em antonímias : nem boa nem má; nem misteriosa nem livro aberto; nem sim nem não; nem brisa nem tempestade; nem repulsiva nem interessante. Um dúbio e eterno cataclisma de mim mesma...
(Quem quiser que me compreenda...)

* imagem Google

Entrega


Periódica, posto que é como fogo
Ardente, ora que se apaga
Suvenir de sensações,
Flameja e vibra ao encontrar sopro leve...

Eterna jamais, momentânea como ápice
Amante dos minutos e segundos que encerram-na
Entrega eficaz que almeja por ícone
e objeto de desejo voraz e lascivo...

Intérprete do querer, satisfazer
Egos, sentidos, render-se ao chamado
Psicose do corpo que atende ao sinal
e nada vive a não ser este enlace
O mundo se apaga em fim temporário...

Um mistério, enigma, supressão da razão
estigma, magma da paixão
Entrega é como ira da nossa própria convicção
de sermos razoavelmente equilibrados ...
Mas é também bem feitoria à alma,
traz paz e é sensível ao coração...

Ponto de exclamação!


A cada dia ele me surpreende e mesmo ao deixar-me incógnitas ou perguntas flutuantes, sinto que ele tem um poder ou dom de fazê-lo de forma que eu mesma questione minhas próprias certezas ou tenha certeza das minhas próprias dúvidas.
Não há segredos ou quem sabe alguns "segredinhos "que não possamos suportar e preferimos não expor. "Se você não sabe lidar com respostas, por que pergunta? Talvez esteja acostumada a ouvir o que quer ou ouvir mentiras, mas eu falo a verdade..."
É nítida a empatia e encaixe dos pensares. É como se fosse um jogo no qual já sabemos de antemão que não há perdedor ou ganhador, vai dar sempre empate. E aquele ditado que diz que a verdade dói é mais certo que faca de dois gumes: corta dos dois lados. Esse exercício de ouvir a verdade é bom e te ensina a amadurecer. Cada vez mais tenho a sensação de que o ser humano é livre! Tal como Nendertais, porém presos pelas amarras da sociedade e valores, assim como bons costumes. Abaixo todas essas nomenclaturas de estado civil, classes sociais ou coisas parecidas! Liberdade não quer dizer libertinagem...Já cheguei à uma conclusão: ninguém é de ninguém. Talvez nem nós sejamos de nós mesmos. Então por que não aprender a aceitar as diferenças harmoniosamente? Diante de tantas situações outrora vividas tenho pensado se o verdadeiro amor não estaria por aqui...nesta linha tênue entre respeito e liberdade, verdade e aceitação, entrosamento físico e não necessariamente passional, mas emocional em doses certas. No sentido não de paixão ou essas coisas próprias de casal normal, mas de encontro de dois seres que vão se encaixando, sintonizando-se e se entendendo do jeito que são e/ou estão, racionalmente... AH! Minhas loucuras...Confesso que gostaria de viver uma experiência assim...( SUA PIRANHA! Muitos estar iam dizendo?) Ahahahahaha
Acho que estou muito oriental e bíblica hoje. Bíblica? Você seria capaz de viver um relacionamento à la Salomão e suas 700 esposas e 300 concubinas ou quem sabe fazer parte de um harém de um sheike árabe? Já parou para pensar que isso é exercício de tolerância, organização, respeito e bom senso? Muito mais que isso...é humano ! e Deus nunca abominou. Nós sim, com nossos valores hipócritas e egoístas, ocidentais e políticos até. É, acho que não precisa ser tão guloso como Salomão, porque quem muito quer nada tem e ele mesmo acabou se perdendo em meio à uma miscelânea de culturas e idolatrias que ele mesmo acabou por absorver de suas inúmeras estrangeiras... No final já não sabia o que era, quem era, o que defendia, no que acreditava...Coitado dele, se uma já é difícil! E ele era o homem mais sábio desta Terra! Talvez tenha sido por isso que estabeleceu-se a cultura monogâmica...Culpa de Salomão...rsrsrs

maio 17, 2011

Nunca imaginei...



Que fosse sentir essa saudade,
essa vontade...
Que fosse lutar contra mim,
duelar com o sim...
Inflamar-me de ciúmes,
aprender teus costumes...
Intrigar-me com fatos,
quem sabe boatos?

Nunca imaginei estar enfim
Tão suave e serena,
esperando o porvir...
Falar-te besteiras,
assim como você à mim...
Não é jogo nem brincadeira,
é que somos assim!...
Acima de quaisquer suspeitas,
com início, meio...talvez fim...

E não quero fim!...


Sou-te tua


Sou-te tua sim...
Teu corpo vibrou e eu reconheci:
letra e música em mim...

maio 08, 2011

SER MÃE


Sabe aquela sensação de sentir seu bebê pela primeira vez em seus braços? Sentir aquelas mãozinhas tão pequeninas e aquelas carinhas e bocas que ele faz olhando fixamente para você, como se já nascesse sabendo que você é a mãe dele? E aquela sensação? Quando ele mama a primeira vez e meio sem saber muito bem o que está acontecendo, só tem certeza de uma coisa: "É aqui mesmo que eu quero ficar..."
E você sente aquela sucção meio fraquinha, que vai se intensificando...Parece que todo o seu amor se apresenta nesta hora e Deus sopra em seu ouvido: " Sinta o fluir do verdadeiro amor, que agora faz parte de ti também..."
E você meio que se lembra de quando você era pequena e brincava com suas bonecas...Mas agora você vê um ser humano totalmente dependente de você e às vezes dá até medo, mas o amor supera esse medo e você constata: Eu sou a pessoa que mais o ama no mundo e a partir de hoje minha vida perde o sentido sem ele...
Um misto de sensações, mas uma certeza só: Ser mãe é uma dádiva de Deus, é uma realização total da mulher, é a natureza falando mais alto e impondo a ti: "Sê tu agora plena... Sê tu agora mãe!..."

maio 04, 2011

Sinto e deixo...


Seu cheiro que já conheço
Suas mãos que me entrelaçam
Seu beijo roubado na hora do amor
Seu toque leve e sutil embaraço...

Que me deixa extasiada e pouco arisca
Leva-me aos pensamentos mais áridos
Cativa-me e dá ordens exatas
Desfazendo toda essa mulher fálica...

E assim segue-me à risca e me faz sua
Em um doce silêncio que outrora era nulo
Fica bem à vontade em meu corpo, se contagia
E vislumbra a entrega que ainda tarda,mas já ecoa...

E na penumbra anunciada de pudor ensaiado
Já me conheces de cor e salteado
Faz rimas de mim, versos marcados
E tomas a mim como poeta apaixonado...



maio 02, 2011

Redes Sociais




De vez em quando eu paro para pensar nelas e chego à conclusão no quanto são "importantes" nos dias de hoje. Poderia enumerar vários aspectos relacionados aos efeitos positivos que elas nos proporcionam, assim como negativos, se assim você mesmo permitir, pois elas são como faca de dois gumes. Mas longe de mim querer criticar até porque sou uma adepta delas. Já escrevi sobre as maldições do orkut e agora eu mesma me vejo meio que "esroscada" em suas teias. A única coisa que não me permito é "twitar"(é assim que se escreve?-considerando que o w voltou para o nosso alfabeto, acho que deve ser assim mesmo).
É impressionante como isso vicia e diga-se de passagem, eu já estava "facelogada" há quase um ano, mas só agora descobri o "prazer" momentâneo do "facebooktwitter", porque é como twitar...E simultaneamente você passa a gerenciar um pouco a vida dos outros, rsrs. Bom, ainda não me permito adquirir este dispositivo em meu celular, acho que é demais, mas não questiono as pessoas que o possuem, pois sei que muitos tratam estas redes como ferramentas de trabalho. Mas por favor não critiquem os que as usam (meu caso) para o besteirol ou até mesmo vasculhar rotinas alheias...Está muito bem delimitado na minha cabeça:
-Recanto das Letras-lugar para expor meus trabalhos e inquietudes
-Blog-minha identidade
-Orkut-contato com familiares e amigos que ainda não viraram "face"
-Facebook- lugar onde gosto de exteriorizar meu lado real, infantil e cômico.
Acho engraçado como as pessoas se posicionam e até mesmo criticam quando escrevemos algo que não agrada, assim como "curtem" as bobagens que escrevemos. Ontem mesmo, após derrota do meu "antes sempre Vasco da Gama" perder ridiculamente e mais uma vez para o Flamengo. Já decidi: virei casaca, agora sou Mengão...E o que que tem isso? Não se diz por aí que em time que está ganhando não se mexe? Então se o meu vive perdendo nada mais justo que mexer...
Ah! E quer saber? Eu não ganho nada com isso, a não ser zoações categóricas, ninguém do time sabe que eu existo e muito menos sou portuguesa(e olha que conheço um português flamenguista roxo!). Isso não quer dizer que deixei de ser "patriota", pois não deixei de torcer pelo Brasil, deixei de torcer pelo hepta vice campeão...Que título legal esse, né? Alguém sabe quem é o vice presidente dos EUA ou até mesmo do Brasil? Aposto que muitos não sabem...
Mas enfim, "este título de hepta vice é só do Vasco", morram de inveja! Ouvi isso de uma "face" desconhecida, mas adorei!
Fiz questão de colocar uma imagem de urubu porque é o meu mais novo mascote. É, troquei o bacalhau pelo urubu e diga-se de passagem a foto é bonita, eu mesma tirei. Como? Estava no alto da Pedra da Tartaruga e flagrei este adorável bichinho, porém pouco compreendido, dando sopa e "click"! Há algum tempo penso em usá-la para algum fim e acabei descobrindo agora. Com certeza se o Vasco tivesse sido campeão o texto seria outro, mas como não poderia ser diferente, eis aqui minha mais nova constatação: Agora sou do bonde sem freio! Trem bala da Colina desceu todo descarrilado...rsrs

E voltando às redes sociais, foi impressionante ontem após o jogo a quantidade de "facebookadas" detonando o Vasco e os pobres torcedores. Algo preconceituoso, diria quase um constrangimento ilegal! rsrs Eu já tinha prometido para mim mesma que iria virar a casaca e sendo assim agora sou Flamengo. Falem o que quiserem, que não tenho personalidade, que isso ou aquilo outro.
E hoje amanheci com a notícia que o Bin Laden morreu. Como assim? Ninguém sabe, ninguém viu...Era segredo de estado e quando liguei o PC e entrei no Face...silêncio total! Até agora nada sobre Obama matou Osama. E eu muito desconfiada, arrisquei um: "Bom dia...muito estranho este "enterro"(?) do Bin Laden..." kkkkkkk
E NADA! Ninguém curtiu, nibguém comentou ou retrucou. Logo em seguida uns "faces" davam bom dia, outros escreviam o que estavam fazendo, postando uma coisinha aqui, outra ali...Conclusão: Eu estava certa: Não tentem falar sério em redes sociais. Salvo em raríssimas exceções, o povo gosta mesmo é de adicionar amigos , responder perguntas sobre os mesmos e postar muitas, mas muitas bobagens!
PS: ADDDDDDDDDDOOOOOOOOOORRRRRRRRRRROOOOOOOO!!!!!!!