Pesquisar neste blog

No mundo

junho 09, 2013

O melhor amor

Ando conversando com um moço
 que me faz carinhos ao telefone, diz coisas bonitas e doces,
 faz meu corpo arrepiar, meu ventre estremecer, minha cabeça sonhar...
 E meu corpo ansiar 



 
 Viajar...
 Por mil anos à frente,
 realizar sonhos indecentes
 E ausentes de monotonia
 Com  ousadia
 Dizer-te  ter certeza de um dia
Que as vezes que teremos juntos
Serão as primeiras
de muita alegria,
  iguais às de amor
Que assistimos em filme, lemos em poesia


Fez-me acreditar, ao sussurrar
Todo o amor que desejei
Sonhei
E um dia renunciei
Em meio a “ pose", de moça rebelde,  livre
Mas agora derradeira
da barreira que rompe o amor que nunca tive

Esse amor egoísta, que só  sabe de si
Ultrapassa limites, não vê distância
Apenas circunstâncias

Por que o amor muitas vezes se traduz
De forma antônima, sem livros pra declará-lo?
Fora de tempo,
 encontros concretos
E discretos fardos?



Apenas dele falar
Gera beleza, ao mesmo tempo tristeza

Mas vira sempre poema bonito,
Floresce...
sem codinome, de cor azul, cheiro de jasmim
Que já não sai de mim
Enobrece..

E não vê medo,  nada
Além de mim, de nós
Corpos tomados, beijos profundos e arraigados
De toda força e desejo latente
e veemente
De ter-se um ao outro
E embora distantes,  jamais ausentes
De força superior que maneja o pensamento,
 fica no consciente




Traduz-se em sentido de que já foi vivido
Como trator passa por cima

De rima, da realidade
Até do intelecto,
Como nunca antes houvera
Tanta certeza, essa loucura
É maior que todo afeto
E realidade que se tenha existido
Em  anos de vidas não exauridas,
 Mas por estarem separados,
 quase extinguidas...



7 comentários:

  1. Versos soltos que fluem e se tornam poesia..
    Nas doces mãos de uma menina..poeta e “Sulamita”..
    Desejos despertos em uma alma que grita..
    De saudade ou de dor..de uma ausência infinita.
    Frases escritas e levadas ao vento,
    Ao encontro do outro..buscando um momento..
    Telefones que anseiam receber mais um toque..
    Corpos que esperam pelo primeiro toque...
    Entre medos e êxtase de um sentimento que aflora..
    Aguardaremos sem pressa neste Amor..nossa hora..
    Não pensamos bem certo sobre o antes e o agora..
    Pois minh’alma te chama, vem à mim sem demora..
    O futuro é incerto..como o passado já foi um dia..
    Sem viver o presente..jamais saberia..
    Se é sonho, loucura ou pura alegria
    Ou saber meu Amor..que te encontraria.....
    #Seu Príncipe..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou muito mais lindo que o meu, amor!! Vou fazer uma interação pra virar dueto...rsrsrs

      Excluir
  2. Vengo del blog de Poetisa da Paz y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me hago seguidor de tan bello Espacio, lleno de Magia que es el Tuyo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. SERGIO NEVES - ...a maneira como explicita esse teu momento chega até a emocionar! Dize-o de forma excitante, apaixonante, e, ao mesmo tempo, intensa e delicadamente amorosa. De uma força sentimental "extrapolante"! / ...e que a "concretude" se faça presente! / Carinhos Elayne.

    ResponderExcluir