Pesquisar neste blog

No mundo

maio 25, 2014

Trechos..

“Fiquei pensando que agora você  deve sentir e conhecer a sensação plena de como e quanto tempo dura um ciclo de amor, da primeira vista à sua concretividade e consumação (mas não a realização plena). E  penso também  que se não o tivéssemos vivido, morreríamos por dentro, implodiríamos, secaríamos.. Como no poema de Carlos D. de Andrade...E quase sem querer, nossos sentimentos tomaram proporções que já não cabiam no peito. “



Nenhum comentário:

Postar um comentário