Pesquisar neste blog

No mundo

junho 24, 2012

Sou eu! Bely!


Você sabe quando  usa suas máscaras e principalmente para QUEM as usa. Mas para duas pessoas, talvez três, eu tenha sido o que realmente eu sou...Engraçado que não deu certo em nenhuma das duas ocasiões e n a segunda, diria que nem apaixonar-se por mim aconteceu. Quis ser a boa moça, responsável, certinha, politicamente correta, mas também com personalidade, um pouco ciumenta, exclusivista... rsrsrs  Ah! Bely, quando é que você vai aprender que homens não gostam de mulheres retrô? Talvez para pendurarem em suas estantes enquanto transam por aí com outras gostosonas e você fica dando de boa mulher, íntegra, compreensiva, perfeita. Sinceramente não consigo concluir a que ponto chegamos (ou eu tenha chegado). Fico testando personalidades para ver se dá certo. Coisa de louco. Já fui a reprimida compreensiva que aceitava todos os desaforos mas que no fundo tava louca pra dar uma porrada na cara dele, meter-lhe um chifre e esculachá-lo até ele se sentir o mais vil dos homens. Já fui a que fingia que amava, acreditava que tudo aquilo era amor, escrevia poesias para ele, pintava ele nos meus quadros, nos meus sonhos, em minhas loucuras...Tudo isso quando nos falávamos pelo telefone ou internet...Mas quando nos encontrávamos, não sei, me dava uma raiva e agonia porque era ali que eu acordava para a realidade: ele era uma invenção que ficava melhor no que eu queria acreditar e então a fúria me dominava e eu tratava ele mal, seca, indiferente, queria ele fora da minha vida. E um dia achei que ele foi quem mais me amou, mas estava errada...Sabe porque? Porque ele fazia o mesmo comigo. Pintava-me como deusa e musa, um pedestal era pouco pra mim e no momento que eu mais precisei e fui sincera, desculpando-me e pedindo perdão por tudo que havia feito...Bem, ele simplesmente ficou com a que dizia ser a melhor amiga dele...rsrsrsrs Que por sinal até hoje sofre consequências da sua queda de paraquedas, porque tentar atravessar a vida dos outros e ficar impune? Isso não existe. "Aquilo que você planta, certamente colherá!"

Bely Pandora

Nenhum comentário:

Postar um comentário