Pesquisar neste blog

No mundo

julho 20, 2011



Tudo vem do âmago e eu creio que até para fazer amizades você precisa estar inspirado...A ouvir e a se importar com o outro em questão. E sei que ouvir é difícil, quando na verdade você está querendo gritar!

*Há amores que trazem uma saudade, um bem querer tão grande, que chegamos a duvidar se ainda amamos ou se ele é autoimune ao esquecimento.

*Porque será que eu era tão corajosa e atirada e agora tenho andado tão frágil e medrosa? Acho que é porque é muito ruim sentir que gostamos de alguém e esta pessoa sai das nossas vidas, mesmo sabendo que na verdade nunca sequer estiveram à porta.

*Um mundo só nosso seria bom por alguns momentos, mas logo cairíamos em tédio profundo e carências latentes. Talvez a solidão seja algo realmente bom se soubermos recriá-la.

*Ao olharmos para o céu, principalmente à noite, algo diferente acontece. Os sensíveis talvez consigam visualizar muito além das estrelas.É muito bom quando não deixamos que nada interfira na nossa capacidade de enxergar...

*Acho muito bonito quem escreve infantis ou poesias bucólicas e confesso que até prefiro não ler muito sobre tais, pois vai me dando uma angústia em pensar que sou egoísta até na hora de escrever, pois só escrevo sobre mim, o que sinto, quem amo ou por quem gostaria de ser amada. Não é o cúmulo do egoísmo?

*Porque para escrever infantis você, ainda que tenha 100 anos, deve se despir de toda a sua suposta maturidade, esvaziar-se de si mesmo e entrar no mundo literal da fantasia e da ingenuidade...

*O amor é como planta que nasce e precisa ser cultivada, regada e colhida..E seus frutos são excelentes! Mas cuidado com os agrotóxicos!

*A beleza do outro em questão se torna tão normal que nos surpreendemos ao pensarmos no qto a pessoa se tornou "estável" e sem atrativos...Mas se você ainda assim consegue , quer conviver e compartilhar com essa mesma pessoa a sua própria vida, parabéns! Você ama e é um vencedor!Não sei, mas parece que no início, o fato de ir desvelando a pessoa, conquistando e conhecendo é muito mais instigante.

*Acho que o termômetro do amor par a mulher se chama telefone. Quanto mais ele liga, mais ela se sente amada...rsrs


Nenhum comentário:

Postar um comentário