Pesquisar neste blog

No mundo

maio 23, 2011

O Perdão

O perdão é singelo, puro e fraterno. Talvez seja o termômetro do amor, porque se amamos, perdoamos. Perdoar e continuar amando sem restrições é uma virtude para poucos.
Acho que existe uma grande diferença entre perdoar e desculpar. Quando "desculpamos " alguém, literalmente nós o isentamos de culpa, mas não quer dizer que tenha sido perdoado. Na verdade vejo as desculpas como quando você pisa no pé de alguém e espera já de antemão que o pisoteado te perdoe. Um paradoxo engraçado, pois na maioria das vezes que literalmente pisamos ou esbarramos em alguém pedimos...perdão! rsrsrs . Acho que é mais ou menos como o "sorry" dos americanos. Tudo é I'm sorry. O camarada está traindo e diz I'm sorry para a mulher. Pelo menos nos filmes é muito difícil você ouvir um "forgive me". Eu ouço muito em músicas cristãs, quando estão louvando ao Senhor...
O perdão lava sua alma, te traz uma paz, uma bonança e um alívio. É um sentimento que praticamente anda de mãos dadas com o amor, seja ele de irmão, amigo ou de homem e mulher.
Existem pessoas que possuem uma capacidade maior de perdoar, uma essência natural que atravessa todos os paradigmas da intolerância e do rancor.
O perdão é o inimigo número um do egoísmo, pois se não perdoamos mais do que devemos ou queremos a culpa é do nosso ego que grita por vingança: "Vai perdoar esse ser que te traiu? Que te humilhou? Que te enganou?" "Se eu fosse você eu dava o desprezo, deixa ele morrer à mingua!"...E pior: "Ele não merece o seu perdão!" Isso para mim é muito cretino, porque você não está se colocando nem na posição de Deus, porque ao que tudo indica, Deus perdoa e a graça, que é um favor imerecido, vem sobre nós. Ou seja, ainda que não mereçamos o Seu perdão, nós o temos. Se alguém não é digno do seu perdão, então você não é digno de si mesmo.
O perdão cura doenças e previne-as. Está comprovado. Uma pessoa que não libera o perdão vive angustiada e os fatores e sintomas físicos são desencadeadores.Já existe a síndrome do coração partido, já ouviram falar? Só pesquisar no Google.
A pessoa em questão "não perdoada" exerce uma influência de certa forma opressora sobre você. E não que lhe queira mal! Mas quando você quer muito que alguém te perdoe você automaticamente libera uma energia e uma aura de tristeza profunda e até rancor sobre o outro em questão. Sem falar no campo espiritual e metafísico, mas não entrarei nessa questão.

"No final das contas o que quero dizer é que o meu perdão não é maior que a minha vontade em ser perdoada. São iguais. E o tempo pode ser nosso maior aliado. O recomeço de uma nova etapa, onde confiança, amor e respeito estarão sempre presentes."
(dedicado a F.M.)

imagem:Google


2 comentários:

  1. Oi, Elaine. Eu concordo plenamente. Só onde existe confiança, amor e respeito é possível que o perdão faça morada. Sem esses três elementos acho que pode sim, haver desculpas, nunca o perdão. Adorei a abordagem humorada mas muito séria e profunda. Meu abraço. Paz e bem.

    ResponderExcluir