Pesquisar neste blog

No mundo

dezembro 17, 2010

Tudo o que sinto nesse momento...




É a mais pura realidade
olho para o teto
não dormi bem, mas o sol brilha
pensando no que fazer...o que oferecer
aos dois infantes que dormem ao meu lado
dois anjos, pedaços de mim...

Sem vontade de sair, tomo um café
Estamos ardendo, praia não...
parque, almoço, sei lá o que!
estarmos juntos, é o que importa
Queria um cigarro, louca!
você parou de fumar há anos!

Vista-se de vestido florido,
mas suas unhas estão manchadas
o esmalte "pink" está se dissolvendo
olho para o espelho...cabelo brilhante
pele bronzeada, mais café, não sei o que mais...

Uma paz misturada a uma vontade de voar
vento fresco da janela, dois túneis
parecem dois olhos! Fundos e escuros
da minha janela avisto carros
adentrando e saindo, tais túneis...

Sento, já li, já escrevi, casa arrumada
não to acostumada com essa paz, estranhando
uma paz domada, com vontade de surtar
uma paz artificial, seria?
litium não mais, apenas fluoxetina
a cabeça flutuando, quero surtar!

Mas não consigo!
quero estar apaixonada, não é a hora!
quero viver, mas tenho que me recompor
aos poucos..
a vida...
vai se encaixando...
tenho certeza...
dias melhores...
ainda chegarão...

Mas é bom estar sâ
ainda que não acreditem
ainda que eu viva um mundo só meu
é bom estar plena
não ciclotímica...
não maníaca..
hipomaniaca..
ou depressiva...

Apenas eu, lembro de mim ainda!
estabilizando-me
voltando das cinzas
ao azul e rosa
minhas cores preferidas...


(A MIM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário