Pesquisar neste blog

No mundo

dezembro 17, 2010

Então eu vou falar também...


Chega essa época todo mundo quer escrever sobre Natal, sobre novo ano que se aproxima, sobre espírito natalino, menino Jesus, Senhor Jesus(Ele não é mais menino, gente!) Sobre sentimentos, oportunidades novas, recomeços, família...Então vou escrever só um pouquinho,mas não vou inserir aquele clichê que Natal tem que ser todos os dias da nossa vida, aquele blá blá blá que é tudo jogada de marketing, capitalismo selvagem, essas coisas que desde que eu me entendo por gente falam. Natal pra mim em primeiro lugar "PODE" significar o nascimento de Cristo, mas não é comprovada cientificamente esta data, de acordo com Flávio Josefo, mas tudo bem, importa que Ele nasceu. Natal significa encontro de família, ainda que anual, um pouquinho mais de atenção e compaixão às pessoas...Sério, me dá vontade de colaborar com todas as "caixinhas" e se pudesse dava presente pra todo mundo: professor de academia, porteiro, motorista da condução do meu filho, amigos, mãe de amigos, até ex namorados e ex maridos. Estou sendo muito sincera. Penso que no dia do natal e mais três dias depois fico um pouquinho mais velha e que sempre ganhei um presente que correspondia aos dois eventos(meu níver é 28 de dezembro), que minha mãe nunca fazia festa(ninguém ía!), só o meu de 15 anos que por sinal foi no dia 13 de janeiro.
A minha maior preocupação não é nem no Natal, é o que vou fazer no Ano Novo, com quem vou passar e como vai ser, pois meus filhos ficam com os pais e meus irmãos e cunhadas viajam. Já passei na praia muitos anos e enjoei. Já passei na igreja com marido, já passei com namorado, amigos, família e pais. Mas este ano ainda não sei, sinceramente acho que vou passar dormindo. Porque afinal de contas por que é que tenho que passar com alguém, gente? Ou em algum lugar? Mas se tiver que acontecer tudo bem, mas não vou mover uma palha...vou deixar as coisas acontecerem naturalmente e depois eu conto como foi, afinal de contas todo dia para mim é um novo dia, uma nova vitória e um novo recomeço. E aproveitando aqui o ensejo vou postar a resposta ao texto do meu amigo Ricardo Vichinsky- "O que você daria de presente ?"



Ao inimigo-oração à distância;
ao oponente: se tivesse algum daria o silêncio;
ao amigo:tudo o que estiver ao meu alcance;
ao cliente: o melhor de mim, do meu profissionalismo e da minha atenção;
a todas as pessoas:amor
a todas as crianças: amor e atenção, assim como aos idosos...
a mim mesma: um encontro verdadeiro com Deus, comigo mesma e com meu amor...
E à vc, Ric, daria um saquinho cheio de risadas...rsrsrsrs

Nenhum comentário:

Postar um comentário