Pesquisar neste blog

No mundo

novembro 16, 2010

Porque Cristo é o "Logos" de Deus


tema: Porque Cristo é o Logos de Deus
título:

A PALAVRA


A palavra de um homem é de suma importância não só para nós, mas principalmente nos costumes judaicos, desde seus primórdios e suas raízes profundas,como também nos dias de hoje. Os ensinamentos, a cultura e principalmente a religião foram disseminados desde os tempos do cativeiro egípcio entre os hebreus, de geração em geração, passou pelo deserto até chegar à terra prometida. Assim todos os patriarcas ensinaram seus povos pela palavra e em especial Moisés obteve o propósito da parte de Deus em escrever as leis mosaicas.
Isto não impediu que o povo continuasse ouvindo e logo após o cativeiro babilônico Neemias escreve Crônicas para que os hebreus não perdessem suas raízes, visto que muitos escritos extraviaram-se em tal cativeiro, assim como no Assírio.
Jesus honrou a palavra, pois além de pregar a que já existia na Torah, Ele pregou aos povos a sua própria doutrina. Após sua morte os apóstolos a registraram, assim como os discípulos Paulo de Tarso e Dr. Lucas. Jesus nos ensina que não devemos jurar nem pelo céu nem pela terra e nem pela sua própria cabeça, antes, que nossa palavra seja sim, sim; não, não-o que passar disso é de procedência maligna(Mateus 5:34-37)
Portanto Ele é a própria Palavra, a ação de Deus, o verbo, como diz João em João 1:1. A ação seria a encarnação humana do próprio Deus, pois o Espírito não é carne; é espírito, ainda que seja apresentado como uma pessoa. Deus é o próprio Espírito e a própria palavra, pois juntos formam a trindade. E ainda que não exista esta palavra(trindade) na Bíblia existem muitos indícios dela e a mais forte teofania, na verdade uma tri-teofania, no batismo de Jesus por João Batista, onde Cristo é o LOGOS(o verbo), a pomba representando o Espírito Santo desce sobre Ele e soa no céu uma voz do Altíssimo que diz: "Este é o meu filho amado em quem me comprazo"...(Mt 3:16-17)

Nenhum comentário:

Postar um comentário