Pesquisar neste blog

No mundo

novembro 12, 2010

Novo Horizonte


Tem muita coisa ainda na minha mente
Meus pensamentos fervilham
O cérebro parece flutuar
Os sentimentos ovulam
Uma outra personalidade se anula
E eis que renasce uma flor
"Estava com saudades de você, minha doce amada!
Estava ansiosamente a te esperar, sua volta sem revoltas"

Preciso escrever, preciso expor, me recompor, compor
Alicerçar e galgar os degraus da sanidade
Repousar da mente, sem contrariedade e falsa morbidade
Preciso sentir agora o cheiro das flores
O frescor da manhã em lindo jardim de primavera
Orvalho, céu azul e sol brilhante
Brisa fresca, pássaros, visão verdejante
Coloridos bichinhos, naturalmente belos
Tocar como que em sonhos, olhos entreabertos
Respiração suave, paz, um novo horizonte...

(DEDICADO A MIM)

2 comentários:

  1. "Amanhã será um lindo dia
    da mais louca alegria
    que se possa imaginar...
    amanhã, redobrada a força
    pra cima que não cessa,
    há de brilhar..."

    Abração, querida! Adorei esta disposição de espírito pra cima! Abraços. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  2. OI ELAYNE,

    o poema é muito bom, no entanto , muito melhor foi esta auto dedicatória, afinal você é a pessoa mais importante deste mundo.

    É isso aí, nós temos que nos amar muito, gostar intensamente de cada centimetro quadrado do nosso corpo, nos acharmos bonitos, termos autoestima elevada, esta é a única forma de termos um relacionamento estável com terceiros.

    É isso ai!

    Lindo ELAYNE, você dizer:

    "Repousar da mente, sem contrariedade e falsa morbidade".

    Paz interior, fique com Deus!!!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir